ANPUH - Seção SC

FRONTEIRAS

Revista Catarinense de História

ISSN 1415-8701 (edição impressa)
ISSN 2238-9717     (edição on line)

   

 

Apresentação

Conselho Editorial

Conselho Consultivo

Corpo de pareceristas 

Normas de publicação

Números já editados

Próximos números

Como adquirir

Fale conosco

 

Página atualizada em 
01 de abril de 2018.

Retorno à página principal 
do website da ANPUH-Seção SC

 

Próximos números

 

O Conselho Editorial lança a chamada para a publicação de artigos e resenhas no próximo número de Fronteiras: Revista Catarinense de História, agora publicada apenas eletronicamente:

 

 

  - Número 31 – Dossiê História indígena e estudos decoloniais  (relativo ao ano de 2018/1):

Organizadores: Clovis Antonio Brighenti e Profa. Dra. Luisa Tombini Wittmann.

Encaminhamento de trabalhos: até 01 de maio de 2018.

Avaliação pelos/as pareceristas: até 29 de maio de 2018.

Revisão dos trabalhos pelos/as autores/as, com base nos pareceres: até 20 de junho de 2018.

Publicação: julho de 2018.

Regras de publicação: http://www.anpuh-sc.org.br/revfront_normas.htm

Ementa: Os debates em torno da história indígena ganharam relevância recentemente e continuam a provocar novas elaborações teóricas e conceituais. Apesar dos avanços, a história indígena ainda enfrenta desafios para ser aceita por grande parte dos pesquisadores das ciências sociais. É, por vezes, tolerada apenas na sua versão étnica (nossa representação historiográfica do indígena) e não histórica êmica (a representação historiográfica dos próprios indígenas). No entanto, a partir dos estudos decoloniais estão sendo (re)construídas visões sobre a história que promovem uma profunda crítica a colonialidade (do poder, do saber e do ser) num combate ao epistemicídio, ou seja, a exclusão de histórias, culturas e saberes indígenas. A história indígena, numa perspectiva interdisciplinar, perpassa necessariamente os campos da história, da antropologia e da arqueologia, da mesma forma em que são valorizadas novas fontes como a oralidade e a imagética, imprescindíveis numa interpretação decolonizada acerca das experiências desses sujeitos sociais. A revista Fronteiras convida você a produzir conhecimento sobre História indígena e estudos decoloniais, através de um Dossiê específico a ser publicado no segundo semestre de 2018.