n.7,

1999

FRONTEIRAS

Revista Catarinense de História

ISSN 1415-8701 (edição impressa)

fronteiras_07.jpg

Número editado pelo então Núcleo de Santa Catarina da Associação Nacional de História (ANPUH-SC), pelo Departamento de História da UFSC e pelo Programa de Pós-Graduação em História da UFSC.

Edição impressa esgotada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Página atualizada em
5 de fevereiro de 2011.

Retorno à página
de números já editados.

Retorno à página principal
do website da ANPUH-Seção SC

Editorial

Waldir José Rampinelli

Artigos

 

p. 5-6

 

Unus Testis: o extermínio dos judeus e o princípio de realidade

Carlo Ginzburg (tradução: Henrique Espada)

p. 7-28

A Inquisição portuguesa e os degredados para o Brasil-Colônia

Geraldo Pieroni

p. 29-44

Identidades e diversidades no sul do Brasil: as tentativas de homogeneização do espaço catarinense na era Vargas

Cynthia Machado Campos

p. 45-71

Uma raça mista, uma sociedade homogênea: o projeto étnico do catolicismo em Santa Catarina

Rogério Luiz de Souza

p. 73-87

Sobre hermenêutica, história e narrativa

Valmir Francisco Muraro

p. 89-110

Práticas que resistem através do tempo: aborto, infanticídio e abandono de crianças

Joana Maria Pedro

p. 111-131

Da participação à interatividade: o vídeo popular no Brasil

Henrique Luiz Pereira Oliveira

p. 133-151

Corpo e narrativa na definição da fronteira

José Carlos dos Santos

p. 153-166

A família açoriana na América Portuguesa: novos olhares

Sílvia Maria Fávero Arend; Ana Paula Wagner

p. 167-183

Resenhas

 

História de Santa Catarina: temas contemporâneos (sobre o livro História de Santa Catarina: estudos contemporâneos, organizado por Ana Brancher)

Roselane Neckel Kupka

p. 185-187

Leituras brasileiras, itinerários no pensamento social e na literatura (sobre livro homônimo de Mariza Veloso e Angélica Madeira)

Liane Maria Nagel

p. 189-191

Os 500 anos - a conquista interminável (sobre livro homônimo organizado por Waldir José Rampinelli e Nildo Domingos Ouriques)

Rogério Luiz de Souza

p. 193-196